http://www.cinemista.com.br/wp-content/uploads/2014/02/i-frankenstein-wallpaper-1050x590.jpg

Frankenstein: Entre Anjos e DemA?nios – CrA�tica

Frankenstein

★½☆☆☆

Um detalhe faz TODA a diferenA�a

Quando vi o trailer de I, Frankenstein – nome ridA�culo que fica mais ridA�culo graA�as a distribuidora brazuca – sabia que era latada garantida. O elenco de Underworld menos Kare Beckinsale, com mesmos produtores e premissa ligeiramente diferente. Estando ilhado no shopping pelo calor e pela chuva… Eis que me joguei no abismo.

Frankenstein nA?o A� um remake do clA?ssico de Mary Shelley. AliA?s a histA?ria original serve apenas como epA�logo da pelA�cula. Ela nos conta como o monstro de Victor Frankenstein descobriu a existA?ncia de uma guerra entre a sociedade dos GA?rgulas e demA?nios do inferno e sobre seu papel em tudo isso. E A� sA? isso mesmo…

Frankenstein

Do mesmo produtor de Anjos da Noite, ele segue exatamente a mesma linha de histA?ria em um universo que pode ser atA� o mesmo da outra franquia, mas seguindo uma outra abordagem. A direA�A?o de , novato,A�deixa bem claro que a idA�ia A� a mesma a se seguir e atA� mesmo a direA�A?o de elenco leva o mesmo caminho. O difA�cil A� que tanto aqui como no final de O Cavaleiro das Trevas, A� difA�cil ver o Aaron Eckhart como bad boy depois de tantas comA�dias romA?nticas e dramas. Os efeitos especiais estA?o bem no limiar da qualidade Hollywoodiana dos filmes B e com certeza nem em roteiro, nem em direA�A?o e muito menos em direA�A?o de arte ou fotografia se traz qualquer novidade a nA?o ser o fato de ser o primeiro Frankenstein bonito da histA?ria do cinema, provavelmente.

Frankenstein

Aaron Eckhart tem carisma, ok. Isso podemos dar para o filme, mas para por aA�. Adoro as protagonistas mulheres,A�A�- a musa – eA�A�mas A� comA�A�que fica toda a atuaA�A?o. Ele saber fazer um cara sombrio. Esse sim sabe ser denso. NA?o sei se A� o sotaque britA?nico ou suas 20.000 peA�as de Shakespeare que deve ter encenado, mas mesmo depois de tantos filmes B, ainda gosto muito do cara. Mandou benzaA�o. Agora vou te contar, o filho do John McClaneA�A�tem a simpatia de um avestruz doente. Pelamor o cara nA?o sabe atuar nem se sua vida dependesse disso, alA�m de tudo A� antipA?tico quando deveria ser um dos mocinhos. Tenha dA?.

Frankenstein

Acharia interessante se a histA?ria um dia cruzasse com a de Anjos da Noite, mas infelizmente, como a histA?ria original de Frankenstein foi sA? epA�logo, a densidade da histA?ria tambA�m acabou aA�. Temos todas as simbologias da outra franquia: duas sociedades anA?logas se enfrentando, uma pessoa colocando peso na balanA�a para um dos lados, questionamentos existenciais do protagonista sobre suas origens e seus deveres, bla, bla, bla. O que pega A� que isso A� uma boa ambientaA�A?o par um MMORPG e nA?o para um filme. Sem personagens e sem histA?ria, A� um clip estendido. Mas nem a mA?sica A� lA? muito boa, entA?o… JA? mencionei que nA?o existem anjos nesse filme? PoisA�, nA?o entendi o tA�tulo tambA�m.

Frankenstein

Na verdade assisti esse filme porque estava fugindo do calor em SP que fazia na A�poca. EntA?o nA?o percam seu tempo nem se aparecer na TV a cabo ou no Netflix. NA?o vale seu esforA�o. A nA?o ser que seja moA�a muito fA? do Aaron Eckhart e queira ver ele sem camisa. NA?o posso julga-las jA? que A� o A?nico motivo pelo qual assisto Underworld, a Kate de roupas de couro. ;D

Frankenstein




})(jQuery);