http://www.cinemista.com.br/wp-content/uploads/2014/07/wildtargetkep1-1050x678.jpg

[Netflix] Matador em Perigo – CrA�tica

wild_target

★★½☆☆

A� muito estranho ver Bill Nighy tentando ser simpA?tico, mas Matador em Perigo tem isso a seu favor e o fato de ser uma comA�dia romA?ntica britA?nica, bem diferente do tradicional americanizado. O filme conta a histA?ria de Victor Maynard, um matador de aluguel preciso, eficiente e extremamente frio, que segue uma tradiA�A?o de famA�lia de assassinos. Tudo corre muito bem atA� que Victor A� chamado para matar, por vinganA�a, uma vigarista que vendeu uma obra de arte falsificada para o bandido errado. Inadvertidamente ele se afeiA�oa a sua vA�tima e de surpresa passa a proteger a garota que deveria matar. No meio disso tudo, um rapaz que estava no meio do caminho na hora da confusA?o, acaba tambA�m sendo arrastado para a trama.

Wild Target

A direA�A?o A� pobre e a trama nA?o A� das melhores. O diretor Jonathan Lynn A� um tanto quanto desconhecido deste lado do globo e a roteirista Lucinda CoxonA� ficou com a A?rdua tarefa de adaptar a histA?ria de um filme francA?s. Nada de inovador tecnicamente. Talvez o grande atrativo do filme seja o inusitado e super talentoso Bill Nighy contracenando com a muito simpA?tica e exoticamente linda Emily Blunt. O maior fiasco do filme fica por conta de Rupert Grint, o qual os produtores devem ter tentado aproveitar a fama do final de Harry Potter em final de franquia para poder levar tietes ao cinema. O humor pastelA?o dele nA?o encaixa no filme, demasiadamente britA?nico. ParticipaA�A�es especiais de Rupert Everett e o Bilbo/Watson Martin Freeman merecem menA�A?o.

wildtarget-blunt

O filme A� uma comA�dia romA?ntica bem bA?sica. Os seus momentos pastelA�es acabam tirando boa parte da graA�a, mas ainda assim, os momentos de romantismo e humor britA?nico fazem uma diversA?o razoA?vel, no melhor estilo SessA?o da Tarde. Assista quando tiver detonado boa parte dos filmes adicionados recentemente 😉




})(jQuery);