http://www.cinemista.com.br/wp-content/uploads/2014/08/paradise-now-2-1050x592.jpg

Paradise Now – Cinecult

paradise now

Com roteiro e direA�A?o de Hany Abu-Assad, a�?Paradise Nowa�? conta a histA?ria dos palestinos Khaled (Ali SUliman) e Said (Kais Nashef), amigos desde a infA?ncia e agora recrutados para uma missA?o em Tel Aviv, depois disso, segundo sua crenA�a, irA?o diretamente para o paraA�so.

Khaled e Said trabalham em uma oficina mecA?nica em meio a carros velhos e a pobreza da Faixa de Gaza. A ocupaA�A?o israelense como se construA�sse um grande labirinto, determina os caminhos por onde as pessoas devem andar, fechando ruas e estradas. Nos bares se discute o que fazer com os a�?colaboradoresa�?, traidores e informantes do inimigo. Enquanto em locadoras e lojas sA?o alugadas ou vendidas fitas com execuA�A�es desses colaboradores ou discursos de mA?rtires.

paradise-now

Contudo, atA� aqui a vida dos amigos segue a�?normala�?, atA� o momento em que partem para o ataque suicida em Tel Aviv, sem hesitar em nenhum momento. PorA�m algo sai errado na missA?o, Khaled e Said se separam e a missA?o A� temporariamente abortada.

A� aqui que a trama de a�?Paradise Nowa�? toma um rumo mais interessante, pois apA?s esse primeiro fracasso, os amigos passam a discordar entre si e questionar os motivos de sua missA?o e se aquela A� a A?nica forma de resolver o confronto e chegar ao paraA�so.

paradise-now-1

De uma forma natural o longa nos faz percorrer os diferentes caminhos que Khaled e Said seguirA?o, mostrando mais do que o lado polA�tico, o lado humano das duas partes sem tomar partido mas lanA�ando interessantes indagaA�A�es sobre a questA?o. A direA�A?o e roteiro seguem uma linha quase documental, sem interferir com trilha sonora, diA?logos ou cenas mais oportunistas no sentido de provocar uma ou outra emoA�A?o.

Em sentido parecido as atuaA�A�es e personagens se alternam diante de suas convicA�A�es e revelam de forma superficial mas bem definida, suas histA?rias, sonhos, dramas, amores e conflitos. Os atores Ali Suliman e Kais Nashef reafirmam de forma muito sutil e plausA�vel, essas pequenas erupA�A�es de seus personagens, num interessante limiar entre explanar e sugerir pensamentos e intenA�A�es. Rodado em 2005, o longa foi indicado ao Oscar de Melhor filme estrangeiro e concorreu ao Urso de Ouro no Festival de Berlim. O tema A� ainda atual, e nesses dias de 2014 os conflitos voltaram a se intensificar. De certa forma fazendo uma alusA?o ao clA?ssico a�?Apocalypse Nowa�? (1979) de Francis Ford Coppola, a�?Paradise Nowa�? soa melhor nA?o como uma afirmaA�A?o ou anA?ncio, mas uma pergunta: Paradise Now?

paradise-now-2




})(jQuery);