http://www.cinemista.com.br/wp-content/uploads/2014/07/Transformers-Age-of-Extinction1-1050x590.jpg

Transformers: A Era da ExtinA�A?o – CrA�tica

transformers-era-da-extincao-cartaz-nacional

★★☆☆☆

Autobots, APOSENTAR!

Por mais que adore uma aA�A?o descerebrada, sci-fi e zoera, tudo tem aquele ponto em que desandou. Transformers passou desse ponto depois do segundo filme. Mesmo assim Michael Bay aposta na sua forma clA?ssica e o pA?blico parece que gosta de algumas risadas e muito metal retorcido. Infelizmente, A� bem possA�vel notar que nA?o foi sA? trocar Shia Labeouf por Marky Mark do New Kids que fez a coisa funcionar. Seguindo a formula, temos os mesmos resultados e um enredo que mal serviria para um episA?dio da saudosa sA�rie animada.

Transformers: A Era da ExtinA�A?o mostra um mundo 5 anos depois do incidente em Chicago, que encerrou a outra franquia. O governo americano, mais especificamente uma parte da CIA, caA�a sem motivo aparente todos os transformers, inclusive os Autobots e os A?ltimos remanescentes se escondem por aA�. Enquanto isso, um pai texano que tenta ganhar a vida com suas invenA�A�es e colocar sua filha patricinha na faculdade, acaba encontrando um caminhA?o que pode ser um transformer, dando inA�cio a uma sA�rie de eventos que podem levar, novamente, a raA�a humana a beira da extinA�A?o.

transformers-era-da-extincao-01

Michael Bay… o que dizer desse caro senhor? Se vocA? acompanhou sua carreira desde o comeA�o, sabe que ele jA? fez grandes e A?timos filmes. Agora ele sinaliza que pode largar de vez a franquia. SA?bia decisA?o. Porque no quesito tA�cnico ele nA?o tem muita inovaA�A?o e ficou parado nos anos 90. CA?mera lenta, muitas explosA�es com carros e robA?s voando pelos ares. Cenas de proporA�A�es nababescas com prA�dios e engarrafamentos sendo engolidos por brigas interplanetA?rias. Aquela megalomania de praxe. O roteirista “da casa”A�Ehren Kruger tambA�m nA?o parece que fez muito esforA�o com o ctrl+c e ctrl+v no roteiro, mudando apenas as locaA�A�es, mas convenhamos que ninguA�m assiste Transformers pela histA?ria, A� sA? pelas figurinhas.

transformers-era-da-extincao-02

O elenco foi legal pois deu uma zerada e colocou uns talentos muito mais interessantes. DesnecessA?rio falar que o filme deixou de ser sobre o Mark Wahlberg e passou a ser totalmente do Stanley Tucci. NA?o via um ator roubar uma franquia como ele desde Jonny Depp em Piratas. A� o A?nico personagem que tem alguma evoluA�A?o na histA?ria, passa de um plA?gio de Steve Jobs, mas bem mais afetado, para um alA�vio cA?mico e depois nobre lutador de uma causa – alA�m de seu prA?prio rabo, claro. A� um personagem que vocA? adora odiar. Anti-herA?i e melhor coisa de toda a pelA�cula, pois os outros personagens sA? dA?o sono, desprezo ou raiva, como a personagem da afabilA�ssima Nicola Peltz, A?ltima vez vista com cara de infante em O Asltimo Mestre do Ar (ugh). TambA�m nA?o sei porque o renomado e talentoso Kelsey Grammer aceitou fazer um papel de vilA?o tA?o ridA�culo e sem sentido, com nenhuma motivaA�A?o ou total falta de lA?gica. VocA? nunca entende se ele A� sA? um mercenA?rio ou um patriota desmiolado, pois ele, assim como a maioria dos personagens, nA?o tem motivaA�A�es claras para fazer nada que fazem. Grammer deve estar bem endividado pra aceitar se passar por isso.

transformers-era-da-extincao-03

Bem, nA?o vou gastar seu tempo e o meu dizendo o A?bvio. Era da ExtinA�A?o A� algo que merece no mA?ximo ser visto na SessA?o da Tarde. A� bonitinho, tem todo lance saudosista para quem curtia o desenho clA?ssico, com mil referA?ncias e muito merchan pra vender pra garotada. Ou seja, nA?o vale um ingresso, muito menos um ingresso 3D. Se tiver Netflix e curtir o gA?nero, dA? uma olhada quando lanA�arem. 😉




})(jQuery);